10

Filme "Questão de Tempo" / "About Me" [Resenha]


Crédito de Imagem: Adoro Cinema
Após ler a sugestão da leitora Maíra Haubrick nos comentários deste post [obrigada!], fiquei curiosa e decidi saber mais sobre o filme "Questão de Tempo" (About Me). Acabei de terminar o longa, e já estou aproveitando o embalo para escrever sobre ele! ;)

Primeiro tenho que comentar que quando vi o Trailer do filme no youtube, me veio a sensação de Déjà vu... Não sabia exatamente o motivo. Achei que era por ter visto "semelhanças" com um outro filme que eu adoro: Te Amarei Para Sempre. Nele o protagonista também viaja no tempo, e se apaixona... Como sou totalmente desligada levei alguns segundos até deixar "a ficha cair": "- Péra"! A protagonista não é a MESMA do outro filme?!

Pois é....Este é o segundo filme ao qual o personagem da atriz Rachel McAdams se envolve em um romance com um viajante do tempo... O primeiro foi no meu favorito e já comentado aqui, Te Amarei Para Sempre (baseado no livor "A Esposa do Viajante"), agora, de franjinha, ela aparece novamente apaixonada por um desses "viajantes" ( acho que que seus personagens tem "uma quedinha" por este tipo de "hombre").

Mas vamos ao que interessa...
Crédito de Imagem: Loucos por Filmes
Do que fala o filme?

Esta comédia romântica britânica conta a história do jovem e desajeitado Tim Lake (Domhnail Gleeson) que ao completar 21 anos descobre pelo pai um segredo de gerações: Os homens da família podem viajar no tempo. Basta ir para um lugar escuro, fechar os olhos, apertar os punhos e mentalizar o local e momento que deseja ir..

A questão é que isso de viajar no tempo só funciona para acontecimentos passados em que a própria pessoa vivenciou (ou seja, ele não conseguiria ir para um local em que nunca esteve/não conhece).

Tim Lake deseja arranjar uma namorada, e usa seu dom em pró disso. Sua primeira atitude, ao descobrir o "poder", por exemplo, foi voltar ao passado, na virada do ano e corrigir um situação embaraçosa que teve com sua amiga. Anteriormente, por timidez, ele não teve coragem de beijá-la (deixando-a no vácuo). Agora, com o poder, voltou naquele exato momento e corrigiu-se beijando-a.

No verão seguinte Charlotte (Margot Robbie), prima do namorado da irmã de Tim, vai passar uns tempos em sua casa. Ele se apaixona por Charlotte, porém mesmo com o uso do poder de modificar o passado, não consegue o coração da amada, que vai embora um tempo depois.

Ainda frustrado com o "fora", Tim Lake se muda para Londres, em busca de se tornar advogado. Passa a viver com um conhecido de seu pai, o excêntrico dramaturgo Harry.

Alguns meses depois ele acaba indo com um amigo ao restaurante "Dans le Noir", onde passa por uma espécie de encontro as escuras. Funciona assim: Você é levado a uma sala com outras pessoas e pode passar um tempão conversando com elas. Se houver interesse na conversa, podem se conhecer às claras e marcar um encontro depois... Foi neste quadro que Tim Lake finalmente conheceu e se apaixonou pela doce Mary (Rachel McAdams).

Daí a história de amor se inicia...

O que achei do filme?

Bom...Achei o filme interessante. Gosto da temática, o que me faz "viajar" um tiquinho.

Apesar de ser uma comédia romântica, teve um toque de drama, especialmente na etapa final do filme. Ponto para eles!

Acho que uma das únicas coisas que eu mudaria, seria o início do filme. Achei meio estranho o pai "do nada" chegar no filho e dizer: "-Precisamos conversar. Tenho algo para dizer que vai mudar sua vida: Os homens da nossa família tem o poder de viajar no tempo", e o filho dizer: "-Tá bom pai, sei que é mentira, mas vou entrar naquele guarda-roupa... " - Tipo... Pareciam estar falando sobre a coisa mais "normal" do mundo... não vi surpresa em Tim.

De resto, gostei da narrativa, mas achei que algumas mudanças do passado gerariam um efeito borboleta que não foi explorado. Gostaria de saber se os acontecimentos modificados, por exemplo, impactavam definitivamente na vida das pessoas, e se os novos acontecimentos de alguma forma "apagavam" o anterior. Ele geralmente entrava no guarda-roupas, aparecia no local em que queria estar, fazia algo diferente do passado e voltava ao presente. Acredito que isso possa influenciar sua memória, causar confusão...

Apesar disso, achei o filme leve e gostoso de assistir. A irmã do Tim é uma fofa, e gosto muito de "pessoas ruivas". :p

Ahhh... Acho a Rachel McAdams linda! Gostei muito deste filme e recomendo, mas ainda assim, entre os dois, continuo preferindo o "Te Amarei para Sempre" (:

Trailer



E você... Já assistiu esse filme? O que achou? Teria algum outro para sugerir? Adoraria saber! Deixe seu comentário! ;)


Gostou do post?! Então curta o JB no Face e faça essa blogueira feliz! Não vai levar nem um segundo! Basta clicar no botão "Curtir" logo abaixo! ;)

10

Deixe seu comentário no Formulário abaixo: