2 ♥

"A Ordem do Caos": Meu primeiro dia de curso em uma oficina de Teatro!


"Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes, a arte de viver".
Bertold Brecht
Nunca havia pensado em participar de uma oficina de teatro, mas este ano eu decidi mudar. Fazer diferente.

Comecei comprando um caderno e listando várias coisas que eu deveria realizar. Não apenas metas que eu adoraria pôr em prática (como um curso de pintura digital ou fotografia), mas sim, coisas que me tirariam da zona de conforto e me trariam coisas novas - algum tipo de evolução emocional e espiritual. O intuito era(é) ir realizando uma a uma das metas durante todo o ano.

Existem algumas mais difíceis - porém possíveis de realizar - Como "virar uma empreendedora digital e ficar rica", e outras mais simples e sutis, - porém com um grande valor simbólico - como "tomar um banho de chuva" e "reencontrar velhos amigos do colégio". Decidi usar um caderno ao invés de uma folha, pois lá posso adicionar informações mais detalhadas sobre a execução de cada item (dia em que tal meta foi concretizada, e como foi). - Pense que é como um diário, porém ao contrário... ;)

Pode parecer besteira, mas esta lista tem me ajudado e dado forças para realizar muitas coisas. Tem-me feito manter o foco quando começo a "pestanejar", além de me mostrar todas as coisas boas que eu irei realizar ainda este ano.

Foi entre os tópicos desta lista que a palavra "Teatro" surgiu. Um amigo ator, me disse uma certa vez que "o teatro mudou a forma de ver a vida dele. O transformou". Na época eu peguei essas palavras, processei e guardei em uma caixinha. A mesma caixinha onde guardo meus sonhos e desejos. Caixinha esta que foi recentemente aberta.
"O principal motivo que impede a maioria das pessoas
de conseguir o que quer é não saber o que quer."
T. Harv Eker
Entre os sete livros que tenho para ler, (mais pra frente farei um post "apresentando" um a um) está "Os Segredos da Mente Milionária", de T. Harv Eker. Este livro não fala apenas sobre "modelo de dinheiro" e "arquivos de riqueza". Ele fala sobre como nossos pensamentos influenciam nossos atos, e como o comprometimento aos nossos sonhos e vontades é importante. Não basta querermos algo, se não agirmos para realizá-lo. A frase abaixo exemplifica bem o que penso, e a proposta do livro. É claro que ele sempre eleva os pensamentos à riqueza financeira, mas acredito que isto pode ser empregado em qualquer área de nossas vidas:
"Até que se esteja comprometido, sobrevém a hesitação, a possibilidade de recuar, uma ineficiência permanente. Todo ato de iniciativa (e criação) responde a uma verdade elementar, e desconhecê-la mata incontáveis ideias e esplêndidos planos: a partir do momento em que o indivíduo se compromete definitivamente, a Providência se move junto com ele. Toda uma cadeia de eventos emana da decisão do indivíduo, levando a seu favor todos os tipos de imprevistos, encontros e assistência material que ninguém jamais sonharia que pudesse ocorrer dessa maneira"

Em outras palavras, o universo ajudará, guiará, apoiará e fará até milagres a seu favor. Mas, primeiro, você tem que se comprometer.
T. Harv Eker
...E foi pensando assim que eu decidi: Farei Teatro!
Como vontade sem ação não gera resultado, comecei a pesquisar no "Santo Google" por escolas de teatro, valores, horários... E resolvi aguardar o momento certo. Percebi que, diferente do que eu imaginava, a meta era bastante palpável. "- Assim que receber de meu próximo cliente, pensei, vou me matricular em um curso destes!"

E como no trecho acima destacado, novamente o universo conspirou a meu favor (graças a Deus ele está sempre me ajudando a realizar sonhos: Em um intervalo de dois meses em 2013, ganhei, bolsas 100% de estudos para dois cursos que eu sonhava em fazer a muito tempo. Falarei mais sobre isso em outro post!). Enquanto olhava as atualizações domingo retrasado (02/03), em minha Timeline do Facebook, um status me chamou a atenção. Era um colega ilustrador que comentava estar muito contente em ter iniciado em uma oficina de Teatro naquele dia. Na hora corri para pedir maiores informações e decidi pesquisar sobre o projeto.

Tratava-se da Oficina de Teatro gratuita "A Ordem do Caos". Em seu site informavam que as matrículas já haviam sido encerradas, então enviei um e-mail perguntando se não havia realmente outras vagas. A resposta me pedia para que chegasse uma hora mais cedo no local, no próximo domingo, para concorrer as vagas remanescentes. Foi o que eu fiz.

Foto retirada da página AODC  (http://aodcnoticias.blogspot.com.br/)
A oficina fica no Centro Cultural Jabaquara, uma pequena viagem da minha casa até lá.

Como cheguei um pouco depois do horário estipulado (nunca havia ido tão longe de metrô), pensei que não conseguiria a vaga, porém, grande foi a alegria ao ouvir chamarem meu nome. A última da lista. A última da fila.

As aulas são ministradas todos os domingos a partir das 14hrs no Centro Cultural Jabaquara, pelo diretor Wellington Dias e um grupo de auxiliares, que dão apoio nas aulas, na cenografia, maquiagem, iluminação, produção(...)
Os dois primeiros dias são os mais cheios, depois, pelo que entendi, o grupo vai sendo reduzido. É puxado (nunca pensei que fosse fazer tanto exercício físico numa aula de Teatro! hahaha >_< ) e acho que por isso, muita gente desiste... Eu posso dizer que foi uma experiência incrível. A Filosofia do Grupo é fazer um "teatro de alma", e eles conseguem passar isso muito bem.

Neste primeiro dia trabalhamos os sentidos, sensações e observação... Andei em círculos, bati palmas, corri, cantei, voltei a ser criança...! Adorei correr de olhos fechados no escuro (literalmente), e percebi como olhar "olhos nos olhos" pode ser desafiador...

Já estou louca para o próximo domingo! E que venham muitos mais além deste...

"A vida é feita de oportunidades. Cabe a você aceitá-las ou não!"
OBS: Acho que domingo que vem será a ultima chance para tentarem se inscrever! Quem se interessar e quiser ter maiores informações, acesse o site, o Blog, o Facebook e oTwitter deles. O Grupo só exige que você tenha pelo menos 15 anos de idade.

E qual é o meu próximo item da lista de metas!? Pular de Paraquedas! Depois conto como foi realizá-lo! ;)

Gostou do post?! Então curta o JB no Face e faça essa blogueira feliz! Não vai levar nem um segundo! Basta clicar no botão "Curtir" logo abaixo! ;)

2 comentários:

  1. Confesso que já pensei em fazer um curso de teatro... Mas sempre me faltou coragem... :-)
    Parabéns Jessica! E como se diz no teatro: "quebre a perna"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura, Robert!? Nunca é tarde demais, e acho que eles ainda tem vaga (a última chance será domingo que vem). Por que não tenta? Seria muito bacana! : )

      Obrigada! Vou quebrar... Vou quebrar! Hahaha >,<

      Excluir