2 ♥

Le Trung - O homem que se casou com uma andróide!




Quando eu era criança, me lembro que costumava fantasiar com um futuro "distante". Assistia Os Jetsons, via documentários na TV e perguntava a todos como seria o futuro. Era convidativo e fantástico imaginar carros voadores, TVs finas com alta tecnologia e resolução (iguais as dos filmes futuristas que passavam naquela época e tão comuns hoje em dia). Perguntava-me se isso tudo seria realmente possível um dia acontecer. Será que realmente teríamos a oportunidade de conviver com robôs e andróides como na televisão, ou isso era apenas uma fantasia na cabeça de alguns sonhadores e crianças com alto poder de imaginação?
O tempo foi passando e com isso parei de sonhar com robôs, super TVs e afins para ver tudo isso se transformar em realidade.
Engraçado como as coisas fluem naturalmente. Hoje tudo parece tão comum... Quem diria que em tão pouco tempo as coisas evoluiriam tanto? O que anos atrás era um sonho distante, hoje parece uma realidade tão “comum” que acabamos nem percebendo o quanto é fantástico...
Muita coisa evoluiu e tem coisa que ainda me surpreende muito. Um bom exemplo é falar sobre o relacionamento entre robôs e seres humanos. Talvez em alguns anos, isso possa se tornar a coisa mais normal do mundo (no Japão já é comum você ver robôs trabalhando como atendentes, recepcionistas e até faxineiras), mas ainda não entra na minha cabeça como um homem poderia se casar com um andróide... Este é o caso de Le Trung, um inventor canadense que para sair da solidão resolveu criar a “Esposa Perfeita”.

E é este, o assunto abordado neste post. Casamento entre humano e robô. – Em especifico sobre estes dois: Le Trung e Aiko. (Seria possível?!)
Saiba mais sobre este estranho relacionamento lendo o post completo! ;)

 Le Trung não é só o criador da andróide Aiko. É também seu esposo.

Com 33 anos e sem uma parceira para dividir seus momentos, Trung teve a brilhante idéia de criar "A esposa perfeita". Ela tem 20 e poucos anos, 1,52 metros de altura (baixinha!), é ótima em matemática, fala fluentemente inglês e japonês, reconhece rostos, aromas, faz todos os afazeres de casa sem reclamar, não precisa dormir nem comer (não tem TPM e nem fica naqueles dias...rs)
Aiko ainda pode exercer praticamente todas as funções que o ser humano faz. Ela tem a pele feita de silicone muito parecida à nossa e uma peruca feita com cabelos de verdade, além de possuir censores espalhados por todo o corpo capazes de fazê-la sentir a diferença entre ser tocada ou suavemente acariciada. Aiko pode reconhecer também quando alguém lhe dá um tapa ou a fere.

Em uma de suas demonstrações, Trung mostra que ela sabe se defender de aproveitadores mal-intencionados. Ele põe sua mão sobre o seio de Aiko, que responde com um safanão e um aviso: "Não gosto que você toque meu seio".
E em outra demonstração ele aperta seu braço com um pouco mais de força e ela diz: "Pare, você está me machucando" - Segundo o inventor "Aiko é a primeira andróide a simular dor e a reagir a isso"
Ele avisa em seu site que Aiko "tem sensores na face e no corpo, incluindo seus seios e sua vagina", e diz que ela pode ser desenvolvida para simular um orgasmo.Apesar disso, informa também que ainda não estendeu seu relacionamento a noite de núpcias. Aiko AINDA é virgem!
>
A mulher robótica de Trung começa o dia lendo as manchetes dos jornais para ele, em inglês ou japonês. O casal passeia de carro, e Aiko geralmente dita as direções a seguir. Sempre jantam juntos --Aiko não tem muito apetite, mas acompanha o marido todas as noites.
Em seu site oficial, o inventor também diz ter gasto US$ 25 mil do próprio bolso para desenvolver a robô. Ele diz que "Aiko é a concretização da ciência encontrando a beleza" e sente orgulho de sua bela, dotada de inteligência artificial. Ele quer fazer com que ela chegue o mais próximo possível de um robô humano.

"Eu notei que a maioria dos robôs eram feitos de metal, como os robôs usados em uma fábrica de carros. Por causa disso, não temos sentimentos ao interagir com eles", afirma.
"Minha visão era criar algo com o que podíamos nos relacionar e considerar como humano", diz.

Trung conta ter começado a se interessar por robôs ainda durante a adolescência. Sua primeira criação foi feita para uma feira de ciências da escola. "Eu sempre mantive um interesse na indústria robótica e continuei a construir robôs como um hobby", relata.

Sobre como a sociedade encara o relacionamento, Trung disse ao jornal "Daily Mail" que "as pessoas têm reações distintas quando conhecem Aiko. Alguns a amam, outros a odeiam. Algumas pessoas ficam com raiva, e me acusam de brincar de Deus. Outros querem tacar pedras nela. Mas muitas pessoas ficam fascinadas", conta.






 Algumas fotos do "Casal"









Alguns vídeos de Aiko e Le Trung:



FONTES:
___________________________________________

GOSTOU DO POST?! ENTÃO COMENTE!!!


Gostou do post?! Então curta o JB no Face e faça essa blogueira feliz! Não vai levar nem um segundo! Basta clicar no botão "Curtir" logo abaixo! ;)

2 comentários: