25 ♥

Saiba tudo sobre os atores do seriado Chaves!


Desde que eu me conheço por gente eu assisto, e cada episódio é uma sensação e uma gargalhada diferente. Eu me pergunto o motivo... Depois de tantos anos reprisando os mesmos episódios, um dia após o outro.. E o Sbt ainda recebe muita audiência... Tanto que não abrem mão da programação, que dependendo da época, pode reprisar de três a quatro vezes por dia.
Meus pais assistem, meu priminho de seis anos assiste, meu avô(quando vivo) adorava assistir!...
Acho que o sucesso da série é em partes por causa da inocência dos personagens. Hoje em dia, se você liga a tv, só vê baixaria. Os programas de humor exibem apenas mulheres semi nuas com piadas de duplo sentido.
Chaves tem uma certa inocência não encontrada hoje nem nas próprias crianças, que já pequenas são "poluídas" com violência e palavrões...
Apesar de diversas pessoas conhecidas dizerem não assistir por achar muito bobo, ou não deixar os filhos assistirem por achar muito violento (Tá... Não deixam assistir Chaves, mas permitem que assista Naruto, Dragon ball...)
Depois de tantos anos no ar, a turma da vila envelheceu e mudou muito. Resolvi então postar aqui, além do antes e depois dos personagens, a biografia, curiosidades e vídeos sobre a série e a vida deles. Confiram. Valerá a pena!




Escritor, publicitário, desenhista, compositor de músicas e letras de canções populares, ator, diretor, produtor e pai de 6 filhos. Chespirito é uma forma "castelhanizada" do vocábulo inglês Shakespeare. Tal apelido foi posto nele pelo diretor de cinema Agustín Delgado, que considerava Roberto Gómez Bolaños um pequeno Shakespeare (estatura de Bolaños: 1,60m).
Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" estudou engenharia, mas nunca exerceu a profissão. Milhões de pessoas durante quatro gerações se somam em uma única voz para agradecer a Chespirito, que deixou a eletricidade e a mecânica de lado (ainda que também seja algo criativo) para se dedicar a divertir milhões de pessoas. Assim então, Chespirito se iniciou como publicitário na empresa publicitária D'Arcy, quando tinha 22 anos.
A partir da segunda metade da década de 50, a atividade de Gómez Bolaños como roteirista foi muito intensa. Escreveu para rádios, programas de TV e para o cinema. Durante 10 anos alimentou com seus roteiros o programa semanal "Cómicos y canciones", que fez muito sucesso. Entre 1960 e 1965, dois programas disputavam o primeiro e segundo lugar da TV mexicana, e ele escrevia ambos.
Eles eram: "Estudio de Pedro Vargas" e o já mencionado "Cómicos y canciones".No final de 1968, Gomez Bolaños foi contratado pela emissora TIM com a feliz oferta de usar em sua programação um espaço de meia hora em cada sábado. Assim, nasceram séries como "Los supergenios de la mesa cuadrada" e "El ciudadano Gómez". Simultaneamente, nascia a carreira de ator para Chespirito.
Em 1970, a TV estendeu o tempo de transmissão para uma hora e o horário utilizado passou a ser às segundas-feiras, às 20h. Então, a série passou a se chamar Chespirito, onde se incluíam diferentes quadros, onde nasceram nesse espaço o personagem Chapolin Colorado e um ano depois o Chaves do Oito. Ambos personagens tiveram tal aceitação, que a emissora decidiu dar-lhes características de seriado com um dia da semana para cada um, com meia hora de transmissão e em horário nobre.
O Chapolin Colorado e o Chaves abriram as portas do mercado internacional à TV mexicana. Em 1973, ambos os programas eram transmitidos para quase toda a América Latina, e em todos os países sua popularidade colocavam-os em primeiro lugar na audiência. Por exemplo, em 1975, os níveis de audiência das séries de Chespirito no México oscilavam entre 55 e 60 pontos no ranking. A partir de 1984, o programa voltou a ter uma hora de duração às segundas-feiras, às 20h , com o nome de Chespirito. Nessa época, Chespirito já era um sucesso, e assim seguiu sendo. Por 25 anos sem parar, todas as segundas-feiras, às 20h, Chespirito estava em quase todos os lares mexicanos.
Atualmente, a série segue sendo transmitida em toda a América Latina e na Espanha, com seu áudio original, mas também é transmitida em diferentes dublagens em outros idiomas em mais de dez países.
Em 1978, Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" produziu, escreveu e atuou no filme El Chanfle, que rompeu todos os recordes de bilheteria existentes até essa data no México.
Gómez Bolaños também escreveu roteiros para cinema e telenovelas, assim como uma comédia musical chamada Títere. Tem ainda em seu arquivo teatral mais seis obras.
Atualmente, Gómez Bolaños interpreta no teatro a obra de sua autoria 11 y 12. Tal obra é um recorde a mais ao seu ver, já que desde 1992, data em que foi estreada, permanece ainda em cartaz na Cidade do México no mesmo teatro. Sem interrupções, de quinta-feira a domingo, já há 6 anos, 11 y 12 é um sucesso.
Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" é o atual diretor geral de Televicine, companhia produtora de cinema da empresa Televisa.
Calcula-se que em 43 anos escrevendo, Chespirito acumulou algo como 60 mil folhas (não conto o que um escritor apaga, tira, corrige e repete). Isso equivale a 2 milhões e 400 mil linhas e aproximadamente, 168 milhões de letras.
Existem muitos recordes de Chespirito dignos de serem registrados, mas o mais valioso e maior de seus feitos é o ideal que todo o ser humano persegue e a meta que por muitos não é alcançada: Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" é um bom homem.

_________________________________________________________________


Florinda Meza
Atualmente casada com Roberto Gómez Bolaños (Chaves), Florinda Meza colabora com a peça teatral “11 y 12” onde o protagonista é seu marido. Sempre atuando fielmente ao lado dele, Florinda Meza já fez vários tipos de trabalhos na sua brilhante carreira. A atriz escreveu e atuou em novelas, dirigiu programas de TV, escreveu para filmes e peças teatrais, dança e canta ópera perfeitamente, além de ter experiência no ramo da política. Junto com o seu marido a atriz conseguiu eleger Vicente Fox a presidência do México.
 
 Algumas das novelas que Florinda Meza escreveu são: La dueña (refilmada e exibida no Brasil pelo SBT com o nome de Amor e ódio, em 2001), Milagro y magia e Alguna vez tendremos alas. Um fato curioso na vida de Florinda foi o de ela já ter tido um caso com Carlos Villagrán (Quico), antes de se casar com Chespirito. Dizem que graças a ela, Roberto Gómez Bolaños e Carlos Villagrán travaram uma briga dura e deixaram de se falar por duas décadas, não mantiveram nenhum contato por 20 anos, até se encontrarem novamente numa homenagem feita pela emissora Televisa a Chespirito. Hoje em dia, Florinda Meza vive no México com seu marido e ainda é atriz, mas se dedica mais à família e aos seus seis filhos.
_________________________________________________________________

Maria Antonieta de las Nieves

Maria Antonieta começou sua carreira muito cedo, logo com seis anos de idade já realizava seus primeiros trabalhos. Com oito anos na novela “La Leona”, Antonieta interpretando uma menina má, recebeu seu primeiro prêmio e foi muito comentada no México, aonde mais tarde, a partir de seu segundo prêmio com dez anos, se tornaria ícone da televisão mexicana. A atriz começou a trabalhar ao lado de Roberto Gómez Bolaños, quando este procurava uma mulher jovem e baixa para uma comédia local. Quando Chespirito falou com Antonieta sobre a proposta, ela disse que não era atriz cômica e sim dramática, nada mais. Chespirito replicou dizendo: "Então não é uma boa atriz. Não há atores dramáticos ou cômicos. Há atores". Essas palavras fizeram Maria refletir, e aceitar a proposta. Com 16 anos fazia “Los Super Gênios de la mesa cuadrada” o primeiro estouro de Chespirito. Em 1974 quando seu personagem fazia sucesso, recebeu proposta de uma concorrente da Televisa para fazer um programa de variedades, mas este não deu certo.
Em 1975 casou-se e voltou aos seriados de Chespirito, incentivada pelo então marido. Maria Antonieta chegou a protagonizar a série “Aqui está la Chilindrina” em 1995, série que foi reprisada até o final do milênio, mesmo com 17 capítulos, por longos 5 anos a produção foi sucesso por onde passou. Em 2002 depois de ter ganhado sua primeira neta, sofreu um pré-infarto e assustou seus fãs, indo parar no hospital. Em 2003 se despediu com seu circo desativando-o. Hoje em dia ela atua em telenovelas e está em paz com Chespirito, homem com quem guerrilhou desde 1995.



_________________________________________________________________

Carlos Villagran

O intérprete do bochechudo metido a riquinho nasceu em 12 de janeiro de 1944. O curioso é que ele no início não era nada rico. No vilarejo aonde vivia, a sua família era a mais pobre de todas, pra se ter idéia Carlos Villagran na sua infância nunca havia dormido em um colchão. Ele é conhecido como Pirolo, pois antes de atuar em Chaves, tinha um personagem com esse nome. Ainda antes de viver o Pirolo, Villagran foi fotógrafo profissional de vários jornais conceituados do México. Seu sonho era ser comediante ou jogador de futebol. Felizmente, a convite de RubénAguirre, Carlos Villagran deixou a fotografia aos 23 anos e começou a viver Quico, personagem que já interpretava no teatro. No ano de 1979, Carlos Villagran deixou o elenco de Chaves e foi trabalhar na Venezuela. Lá fez o programa Federrico, que não fez muito sucesso.
No México, fez Ah que Kiko e, no Chile, O circo de monsieur Cachetón e Kiko botones. Diz Carlos Villagran que ele deixou o elenco de Chaves e Chapolin porque seu personagem Quico estava ganhando muita popularidade e ele estava sendo convidado para gravar discos e comerciais. Por isso quiseram diminuir a participação dele nos seriados e ele não aceitou. Mas isto é o que ele diz. Numa entrevista, Chespirito disse que Carlos Villagran o falou que queria tentar carreira solo e Bolaños disse que tudo bem, mas se ele quisesse voltar ao Chaves, todos o receberiam de braços abertos. Carlos Villagran já teve um caso com Florinda Meza antes de esta se casar com Chespirito. Ficou 20 anos sem se falar e nem sequer ver Roberto Bolaños, até que encontrou-se com este num especial da Televisa em homenagem ao comediante realizado no dia 1° de Abril de 2000. Fizeram as pazes? Aparentemente, sim. Atualmente, Carlos vive na Argentina e está em atividade com seu circo “El circo de Kiko”, que inclusive já veio ao Brasil. Ele vive com sua esposa e com seus seis filhos.
_________________________________________________________________


Rubén Aguirre
O romântico e nada modesto professor da escola primária já fez vários trabalhos na televisão antes de virar um alto executivo da Televisa, já foi locutor de rádio e televisão, ventríloco, ator, narrador de touradas, toureiro, diretor de televisão, produtor e até sub-gerente de produção. Começou a trabalhar ainda quando criança, passou por várias emissoras, até chegar na Televisa aonde exercia um cargo do alto escalão. Começou como ator no programa “Chespiritotadas”, programa que não durou muito tempo. Rubén, que é formado em engenharia agrônoma, preferiu ser ator e começou a trabalhar nos programas e filmes de Roberto Bolaños. Com o fim definitivo em 1993 das séries de Bolaños, Rubén seguiu com sua amiga Maria Antonieta para o programa “Aqui está la chilindrina”, onde produziu e dirigiu a série. Desde de 1976, Rubéns é proprietário de um circo: "El Circo del Professor Jirafales". Mas nos últimos tempos, tem mantido-se afastado do seu público e deixado de fazer shows, pois sente muita vergonha do seu corpo. Atualmente, o ator que ficou conhecido interpretando o Professor Jirafales está pesando mais do que pesava antes o próprio Seu Barriga. Aguirre engordou mais de 25 quilos (foto) devido ao uso de um medicamento para curar um problema que tinha na perna há alguns anos. Hoje, Rubén Aguirre vive com sua esposa, Consuelo Aguirre, com quem teve 7 filhos.
_________________________________________________________________


Edgar Vivar
Edgar Vivar é um assíduo sócio do Centro Universitário de Artes. Vivar iniciou sua carreira em 1964 e, em 1970, quando realizava rádio-teatro foi convidado por Roberto Gómez Bolaños para participar de seus seriados. Além de ator, Edgar Vivar é médico, profissão que o mesmo não gosta de exercer. Ao se formar trabalhou apenas dois anos como agente de saúde. “Médico de profissão e ator por maioria de votos” é como o mesmo se define. Nos últimos anos, ele teve vários problemas cardíacos devido a seus quilos a mais, que originaram seu nome no seriado “Chaves”. Por causa destes problemas teve de se afastar do trabalho. Hoje em dia, Edgar está com seu circo e seus personagens aposentados. Assim como a maioria dos ex-atores das séries, Edgar tinha um circo, que se chamava "Circo de Noño y el Señor Barriga". Nas turnês que realizou com seu circo, fazia algo no mínimo curioso: interpretava o Nhonho e o Seu Barriga, e contracenava numa vila montada no próprio circo com atores covers. Após deixar os programas de Chespirito no inicio dos anos 90, devido a problemas pulmonares, causados por um problema glandular que fazia ele ganhar muito peso, Edgar é vitima de tireóide. Graças a tratamento médico contínuo, emagreceu mais de 50 quilos em um ano. Edgar Vivar despediu-se dos personagens Seu Barriga e Nhonho em 2002. Em um programa realizado na TVN do Chile, em 15 de setembro de 2002, o ator afirmou que sua decisão de abandonar os personagens foi por um simples fato. Na opinião do ator, seus personagens já cumpriram um ciclo e os anos já lhe são um peso.
_________________________________________________________________


Angelines Fernandes
Poucos sabem, mas a nossa tão querida Bruxa do 71 não era mexicana. Ela nasceu no dia 30 de julho de 1924 na cidade de Madri, na Espanha. Para a tristeza dos fãs da série, Angelines faleceu no ano de 1994, com a mesma causa de seu colega de trabalho Ramón Valdés (Seu Madruga). A atriz morreu com câncer no pulmão devido excessiva quantidade de fumo. Hoje em dia seu corpo pode ser visitado no cemitério de Mausoleos del Ángel, no México. Angelines Fernandes chegou ao México no ano de 1947, fugindo da ditadura que crescia exageradamente na Espanha. Após a fuga, a atriz tentou buscar refúgio no México, porém o mesmo não foi possível. Ficando três anos em Cuba, em 1950 quando sua documentação foi regularizada, a atriz entrou no país, onde mais tarde seria a pioneira do cinema mexicano. Chegou a trabalhar nos filmes dos comediantes mexicanos Cantinflas e Arturo de Córdovas. Com um início difícil em radionovelas, a atriz foi convidada por Roberto Bolaños para interpretar a Dona Clotilde, personagem que a consagrou famosa em toda a América Latina. A atriz interpretou brilhantemente a querida Clotilde por mais de 23 anos. Segundo afirma sua filha as crianças tinham medo de Angelines, achavam que ela era realmente uma bruxa. No começo ela ficava irritada com isso, mas depois começou a aceitar e até mesmo a achar engraçado. A melhor amiga de Angelines foi Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha. Poucos podem acreditar, mas Angelines Fernandes foi considerada uma das mulheres mais belas do México em sua juventude. E por ironia do destino, sua principal personagem tinha como característica maior ser muito feia.

Raul Padilla
Raul Padilla nasceu em Monterey em 1918, infelizmente não há data certa sobre seu nascimento. Chato (seu apelido) foi um ator de carreira cômica cinematográfica e participou de muitos filmes.
Em 1973 fez um papel secundário no filme "Calzonzin Inspector" que recebeu vários prêmios. Nos anos 80 passou a ser muito famoso quando trabalhou com Chespirito, onde interpretava Jaiminho, o carteiro. Atuou também em "Chapolin" e no programa "Chespirito". Trabalhou com Chespirito nos filmes "El Chanfle", "El Chanfle II", "Charrito" e "Don Raton y don Ratero". Sempre fiel, esteve ao lado de Chespirito até o ano em que veio a falecer. Casou-se com Magda Guzman e teve um filho chamado Rafael "Chosforo" Padilla (ator que interpretou o jardineiro da novela "Carinha de Anjo"). Seu filho também é ator desde 1960. Em 3 de fevereiro de 1994, com 76 anos Raul faleceu vítima de diabete.
_________________________________________________________________


Ramón Valdés
Don Ramón (nome original do Seu Madruga), nasceu no ano de 1923, infelizmente sua data precisa não tem registro. Ramon Valdés (na foto ao lado de Maria Antonieta) era um homem admirável e com tamanhas e indescritíveis virtudes. Amigos mais próximos dizem que Ramón Valdés gostava de usar roupas cômodas e que não se misturava muito em festas, era extremamente calmo e muito diferente de seu personagem Seu Madruga. Curiosidade ou não, as roupas com que Valdés atuavam era as mesmas que ele andava no dia-dia. Um amante do cinema, trabalhou em mais de cinqüenta filmes, às vezes trabalhava em cinco filmes no mesmo ano, na maioria das vezes ao lado de seu irmão Cantinflas ou de seu colega Chespirito. Ramón Valdés possuía um problema mental, mas isso não afetava sua interpretação. O ator chegou a ser considerado um dos melhores do México. Chespirito conta que ele era genial, decorava os textos rapidamente e era o que menos falhava em cena. Nascido no berço de ouro do humor, o ator foi irmão de dois grandes atores humorísticos: os inesquecíveis Manuel Valdés “El Loco” e German Valdés “El Tin Tan”. Valdés possuía uma amizade muito forte com Carlos Villagran (Kiko) e Angelines Fernandes (Dona Clotilde). Em 1979, Ramon abandonou o seriado de Chespirito em respeito a seu amigo Villagran, e junto a ele, foi fazer os programas de Kiko na Venezuela. Antes de morrer devido a um câncer no estômago, que se originou no pulmão pelo fumo em excesso, Ramon havia casado três vezes e deixado dez filhos. Em 9 de agosto de 1988 o humor ficou mais pobre, morria Ramón Valdés, deixando milhões de fãs espalhados por todo o planeta.


Abaixo, assistam a história de Ramóm Valdes, um incrível homem:

CURIOSIDADES SOBRE A SÉRIE:
-As letras “CH” dos personagens criados por Roberto Gómez Bolaños foram a príncipo casualidade. Primeiro um diretor de cinema lhe apelidou de “Chespirito”, logo ele usou a palavra Chanfle! e, em seguida surgiu "O doutor Chapatin" até aí era coincidência. Chespirito percebeu isso e continuou a usar essas letras em muitos de seus personagens.


- É chamado "Chavo del Ocho" porque no ano de 1971 este programa foi transmitido pelo Canal 8 no México, foi tanto o sucesso do programa, que ao se mudar de canal Chespirito e teve que encontrar alguma desculpa para o 8 " "Então eles inventaram que Chaves vivia no apartamento número 8. Daí o seu nome.


- No início a Popis, personagem interpretada por Florinda Meza, interpretava a personagem usando sua voz nasal. Poucos dias depois, um homem disse a Roberto Gomez, que não via seu programa porque seu filho tinha esse problema e agora todas as crianças zombavam dele na escola. Roberto decidiu "desaparecer com a personagem" e um ano depois reintegrou-a em uma voz normal.


- O personagem "Nonho" foi criado pelo ator Edgar Vivar.


-Horácio Gomez Bolaños, o Godinez do seriado era irmão de Roberto Bolaños. O mesmo faleceu em 21 de novembro de 1999 devido a um enfarte.


FONTES:
VILA DO CHAVES
YOUTUBE
GOOGLE
TU MUNDO VIRTUAL

_________________________________________________________________
Gostaram do Post?! então comentem!!!;)


Gostou do post?! Então curta o JB no Face e faça essa blogueira feliz! Não vai levar nem um segundo! Basta clicar no botão "Curtir" logo abaixo! ;)

25 comentários:

  1. Muito interessante ... toda essa pesquisa ...
    mostrando pra todos nós que, além de toda mensagem que o chaves transmite, existe uma série de histórias de sucesso, com seus desprazeres e perturbações, mas que não deixaram de ser vencedoras!
    obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Sou fã a muito tempo deste programa, já cheguei aos meus 3.0, muitos gostos mudaram ... desejos ... sonhos ... porém o apreço e carinho que eu e todo o Brasil tem por este programa é inabalável !!!

    GREAT POST ... AMAZING !!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. ainda estou lendo mas realmente vc teve um trabalho e tanto de procurar tudo isso ai de informação e postar desssa maneia! parabens porque realmente é um belo post e eu tenho um blog e sei q não é facil elaborar um post assim respeitando esses atores tão queridos por nos.

    Parabén e boa sorte com o blog

    ResponderExcluir
  4. como assim a atriz que fazia a dona florinda é casada com o ator que fazia o chaves?? *tô chocada*

    ResponderExcluir
  5. otimo post ! parabens!!!! tinha muita coisa q eu nao sabia no texto.

    ResponderExcluir
  6. Muitooooooo boooooommmm, Parabéns pelo post. Me fez viver, mesmo que o mínimo, o mesmo que os atores viviam para realizar tamanha proeza. Estou maravilhado com tanta informação. Meus parabéns, vc acabou de ganhar um leitor.

    ResponderExcluir
  7. Além de tudo mostra como o tempo passa rápido cara,parecia q era ontem q eu assistia chaves com 6 ou 7 anos no sbt =(

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo seu blog, é realmente muito bom!

    Um abraço
    Fábio Schlickmann.

    ResponderExcluir
  9. Parabens cara, adorei este post, se vc me der sua permiçao estarei postando o mesmo no meu blog, estou começando agora com blog e gostaria muito de poder compartilhar isso dentro do meu blog, caso nao aprove me avise que retiro o post imediatamente, estarei colocando a font e seu link nos parceirtos tbm,
    Grato pedro
    acesse www.blig.com.br/blopeh

    ResponderExcluir
  10. Chaves Rulez!!!

    para todo o sempre!!!

    e que meus netos tenham o prazer de ver esta obra prima da televisão ocidental!!!

    Valew Bolaños!!

    ResponderExcluir
  11. Meu Deus cara!
    Parabéns pelo post!

    Favoritei o Blog e certamente vou acompanha-lo com maior frequência :D

    ResponderExcluir
  12. Olá, gostamos muito do seu link e divulgamos em http://www.link.dequalidade.com.br/?p=339.

    Se quiser enviar-nos algum link posteriormente, o caminho é Enviar Link.

    ResponderExcluir
  13. Bah! El Chanfle!!!
    Eu tenho este filme! heheuheuhuahua!

    Muito boa pesquisa. Parabéns.
    Té.

    ResponderExcluir
  14. foda demais brother , parabens pela pesquisa, realmente emocionante o video da chiquinha se despedindo do chaves e tudo mais... quase chorei =]

    ResponderExcluir
  15. Muito interessante cara!!!!
    gostei muito.
    t+

    ResponderExcluir
  16. ja conhecia toda essa historia, mas é sempre bom reler...

    abraços.

    www.bitscaverna.com.br/idioticetemlimite

    ResponderExcluir
  17. Muito bacana mesmo. Eu que sou uma amante de Chaves e Chapolin não sabia de coisas que nem em sites/blogs que falam sobre o Chaves tem. Nçao sabia que Seu Madruga tinha problemas mentais. Esse post informou muito. Bom trabalho.

    ResponderExcluir
  18. caramba, quanto trabalho para buscar todos esses dados!

    fiquei sabendo q depois da morte de Ramon, a "bruxa do 71" ficou arrasada, tanto que a depressão agravou seu quadro médico.

    ResponderExcluir
  19. Orgulhosamente programei uma 'chamada' para este ótimo artigo no novo site dos Blogueiros do Brasil. O post será publicado dia 13/09 às 16:00 hs.

    Abraços cordiais.

    ResponderExcluir
  20. Muito legal esta postagem. Parabéns!

    A Internet brasileira precisa muito de conteúdos interessantes, divertidos e positivos como estes que você está criando.

    Convido você a conhecer também o novo agregador Pop Blogs: http://www.popblogs.net

    Confira o melhor conteúdo da Internet, aproveite para divulgar quantas postagens você quiser todos os dias (não há limites), sem fila de espera, tenha seus links publicados em nosso site e aumente exponencialmente as visitas e o sucesso de seu blog.

    ResponderExcluir
  21. Obrigada por este post e show amei amei amei…!!!

    ResponderExcluir
  22. Como assim a dona florinda era casada com o chaves

    ResponderExcluir
  23. Jéssica, seu blog é ótimo mas há uma coisa errada. a Florinda Meza não é a mãe dos 6 filhos de Roberto Gomez, esses filhos são da primeira esposa dele, Graciela Fernandez, por favor pesquise melhor e conserte isso

    ResponderExcluir