2 ♥

Willard Wigan e suas impressionantes micro-esculturas


Sim! Mais um incrível artista a estampar com arte uma das páginas deste blog!
Willard Wigan é um conhecido artista no ramo da Nano-Arte.
Dislexo, até hoje tem dificuldades para ler e escrever, o que gerou muita critica e humilhação de sua família, e o motivou a desenvolver seu trabalho.
“Ele criou um mundo onde não poderia ser visto e, portanto, não poderia ser criticado. Começou a contribuir com pequenas casas para formigas e insetos e acabou desenvolvendo uma capacidade de esculpir sem precedentes”.
Wigan começou a fazer esculturas com apenas 5 anos de idade, e com o passar do tempo, foi se aperfeiçoando cada vez mais.
Conhecido como uma celebridade artística do mundo das micro-esculturas, chegou a receber das mãos do Príncipe Charles o MBE, que é uma das maiores honras que um civil pode receber, devido às suas contribuições à arte.
Suas esculturas são criadas dentro do buraco da agulha ou sob a cabeça de um alfinete. Alguns dos seus trabalhos mais recentes são tão pequenos que não excedem o tamanho de uma célula do sangue humano.




“Foi uma das piores coisas que aconteceu a mim”, disse Willard Wigan, a 50 anos de idade, escultor de Birmingham. “Eu estava esculpindo todo o elenco de Alice no País das Maravilhas, e eu estava realmente ansioso para acabá-lo, ele provavelmente teria sido a minha melhor peça.
“Mas quando eu estava prestes a pôr Alice junto aos outros personagens”. Eu a inalei. Eu respirei no momento errado, e ela se foi. No meu pânico, eu acidentalmente eliminei alguns dos outros personagens também.”
O depoimento acima é de Wigan, foi retirado do site ONISCIENTE COLETIVO, e refere-se á sua forma de trabalhar, já que este tipo de incidente não é comum em qualquer trabalho.
Sua arte é esculpida em grãos de areia, fibra de pó, nylon, ouro e até teia de aranha. Muitas vezes, ele usa também, para pintar suas micro-esculturas, pêlos retirados de moscas mortas(ele só retira pêlos de moscas mortas por causas naturais, recusando-se a matar moscas em prol de sua arte).
Pra ter uma Idéia, a escultura é tão minúscula que durante o trabalho, ele tem que controlar todo o sistema nervoso e batimentos cardíacos. Uma pulsação de sangue em seu dedo pode destruir todo o trabalho.
Agora, sem mais delongas, vejam alguns de seu trabalhos logo abaixo:





Gostou do post?! Então curta o JB no Face e faça essa blogueira feliz! Não vai levar nem um segundo! Basta clicar no botão "Curtir" logo abaixo! ;)

2 comentários:

  1. opa, amigo! realmente fantástico o trabalho do Willard.

    agora, uma dica.... não existe "sem mais nem longas"..... o correto é "sem mais delongas", ou seja, sem demora, sem enrolação... ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, Renato... Farei a correção agora ;) - Vivendo e aprendendo!!!rs*
    Sempre que quiser, se sinta a vontade para nos visitar! Será super bem vindo!!!

    ResponderExcluir